05/04/2020 às 18h10min - Atualizada em 05/04/2020 às 18h10min

PODEMOS e PSB mudam o cenário pré-eleitoral de Peruíbe

Com o fim do prazo para filiação partidária, no último sábado (4), aos interessados em participar das eleições municipais, o quadro eleitoral está pré-definido. Em meio ao frenesi entre as direções partidárias e caciques políticos para montarem suas chapas com o objetivo de atingirem o maior número de cadeiras no legislativo.

Com uma dificuldade a mais, a regra que proíbe as coligações partidárias entre as legendas, não poderia ter sido diferente o corre-corre, atropelos e atritos entre as legendas e os articuladores a fim de conseguir o melhor time de pré-candidatos. 

Articulação - Neste quesito contou muito a experiência do ex-prefeito Gilson Bargieri (PSB) e a astúcia de Alex Matos, articulador político e chefe de gabinete do deputado estadual Paulo Corrêa Jr., ambos demonstraram grande habilidade política ao unir o PODEMOS com o PSB e tirá-lo de uma rota duvidosa. Com a tática “a arte da guerra” desarticularam alguns oponentes tirando-lhes nomes mais expressivos construindo um novo grupo de grandes possibilidades, e de quebra mais cinco vereadores de mandato, inclusive aqueles que estavam fechados com o governo.

O atual prefeito de Peruíbe, Luiz Maurício, estava certo de que não teria grandes problemas para montar seu grupo uma vez que tinha o apoio da maioria dos vereadores (para não dizer todos), agora com a debandada dos nobres, não só enfrentou dificuldades para formar sua chapa, como já pode perceber que a “chapa” vai esquentar pro seu lado, uma vez que de agora em diante terá oposição.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp