28/01/2021 às 11h47min - Atualizada em 28/01/2021 às 11h47min

Peruíbe recebe doses da vacina de Oxford

Divulgação PMP
A Prefeitura de Peruíbe recebeu 470 doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca. As doses chegaram nesta terça-feira (26) no Serviço de Vigilância Epidemiológica, localizado no Departamento Municipal de Vigilância em Saúde.
 
Assim como a CoronaVac, elas serão utilizadas para aplicação em profissionais de saúde na linha de frente no combate ao coronavírus, além da população indígena e Instituições de Longa Permanência Para Idosos (ILPIs).
 
Este novo lote de vacinas que o município recebeu faz parte das 2 milhões de doses importadas da Índia pelo Governo Federal, que as repartiu aos estados e este, por sua vez, encaminhou aos municípios. O imunizante passará a ser produzido no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Inicialmente, está prevista a aplicação de duas doses da vacina de Oxford, com intervalo de 12 semanas.
 
Público-alvo prioritário - De acordo com a Vigilância Epidemiológica, o público-alvo da cidade de Peruíbe é composto por 1.286 trabalhadores da Saúde, 281 indígenas e 9.129 idosos. São pessoas que devem receber prioritariamente as doses contra a covid-19. Mas em virtude da quantidade restrita recebida pelo município de Peruíbe, os profissionais que atuam no contato direto com pacientes de covid-19 e a população foram priorizados.
 
Até esta quarta-feira (27), cerca de 178 trabalhadores da linha de frente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e 83 indígenas já foram imunizados com doses de CoronaVac recebidas pela Prefeitura de Peruíbe.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp